A História da Revista Elle - Considerada a maior do mundo em circulação


Em 1945, em um conturbado período do final da II Guerra Mundial, onde as mulheres precisavam de uma revista nova, moderna e otimista, foi criada a ELLE, que em francês significa simplesmente “ela”. Fundada por Pierre Lazareff e sua esposa Hélène Gordon, que imaginaram uma revista “séria dentro da frivolidade e ironia perante o grave”.
Considerada a maior revista de moda em circulação do mundo por ter sido responsável por descobrir Brigitte Bardot e apostar em Pierre Cardin, a Revista ELLE está presente e influente no mundo fashion há quase 70 anos e cada vez mais relevante para o mundo da moda.
Mundo a Fora:
Somente no fim da década de 60, a ELLE lançou sua primeira edição fora da França, não nos EUA, mas sim no Japão, onde a revista não teve dificuldades de superar a marca de 1 milhão de exemplares comercializados mensalmente. Depois disso, só em  1985 as edições norte-americana e britânica foram lançadas. A ELLE Brasil foi lançada um ano depois, em 1986, chegando às bancas brazucas com Julie Kowarick, fotografada pelo renomado fotógrafo J.R.Duran.
Críticas:
No ano de 1960 a revista sofreu diversas críticas por não ser considerada uma revista que realmente retratasse a moda.
A Edição Brasileira:
 Chegou às bancas com uma capa verde-amarela, em maio de 1988. A Elle Brasil tem como principais nomes a Diretora de Redação Lenita Assef e a Editora de Moda Susana Barbosa. A revista é editada pela Editora Abril.
A Entrega de Prêmios:
Anualmente a revista entrega prêmios relacionados à moda e estilo e faz coberturas especiais dos eventos de moda que acontecem no país.
O Sucesso:
Conta com uma tiragem de aproximadamente 80.000 exemplares, 235 mil leitores que em sua maioria (87%) são mulheres de 20 a 59 anos das Classes A e B, além de ter uma identidade própria que faz com que a revista seja colocada no topo das melhores e mais bem conceituadas revistas de moda do país.
A Revista Elle também é considerada a maior em circulação por ter circulações em suas edições em mais de 60 países, contando com a ELLE Brasil, Croácia, Holanda, Noruega, Finlândia entre outros países. 

Um comentário:

  1. ola, gostaria de saber da onde veio a referencia do post, obrigada (:

    ResponderExcluir