Louis Vuitton - A história da famosa marca de luxo que nunca perdeu a exclusividade


A Louis Vuitton é uma empresa especializada na produção de bolsas e malas de viagens, feitas em couro e lona, bem como na sua comercialização. Produz e vende também vestuário, sapatos, relógios, joias, acessórios, óculos de sol e livros. Concorre com Versace, Gucci, Chanel, Prada, Armani, Dolce & Gabbana, Christian Dior, Calvin Klein, Yves Saint Laurent e outras marcas de luxo.
É uma das principais empresas da holding LVMH sediada em Paris, França. A empresa tem como diretor artístico o fashion designer Marc Jacobs.

Louis Vuitton também utiliza figuras proeminentes em suas campanhas como a supermodelo Gisele Bündchen,a cantora Madonna a atriz Uma Thurman e até o ex. jogador de futebol Pelé.
O Fundador da LV:
Foi um fabricante de malas e bolsas na segunda metade do século XIX, em Paris. Criou sua oficina em 1854 em Paris, onde produzia artesanalmente malas e bolsas.
O Reconhecimento:
Seu trabalho foi reconhecido na Europa quando reinventou o formato das malas de viagem e criou um padrão de desenho diferente comparado ao que havia na época.
A Estampa:
O desenvolvimento internacional da marca confrontou Louis Vuitton com um grande problema: As imitações , então no ano de 1888 a primeira iniciativa para lutar contra a questão foi a criação de uma estampa típica e de difícil imitação (a que remete a um tabuleiro de jogo de damas), mas não foi o suficiente. Mais no ano de 1896, querendo evitar radicalmente a falsificação de seus produtos, George Vuitton cria o famoso monograma LV.
Multinacional:
Dez anos após a marca ter se tornado uma multinacional, a Maison Louis Vuitton funde-se a Moët Hennessy para formar a LVMH: Louis Vuitton Moêt Hennessy e torna-se líder mundial do luxo.
louis vuitton clutch

Linha de Produtos:
Em 1989, Bernard Arnault, sócio majoritário do grupo, empenha-se em fazer da marca um verdadeiro império. A LV começa a produzir então relógios, calçados, cosméticos, perfumes e prêt-à-porter.

Marc Jacobs na LV:
O estilista americano Marc Jacobs passa a integrar a marca em 1997, cuidando de seu prêt-à-porter: ele tem carta branca para definir a imagem da marca.  
Com ele, chegou a revolução: sapatos, relógios, joias e óculos de sol, bem como a parceria de grandes artísticas.
Seus Valores:
Atualmente trabalham 9.671 pessoas para a Louis Vuitton. Sua missão é fazer da viagem uma experiência pessoal e única. Os seus valores, que não mudaram desde o ano de sua criação, são: Originalidade, espírito “avant-garde”, qualidade, “saber fazer” e paixão.
A exclusividade:
A marca nunca perdeu o caráter da exclusividade. No pitoresco vilarejo de Asnières-sur-Seine, a cerca de oito quilômetros de Paris e às margens do Rio Sena, uma casa em estilo art nouveau abriga o espírito secular da tradicional marca francesa. 
Não só porque lá viveram o próprio Louis com a esposa, filhos, netos e bisnetos, mas também porque nos fundos está localizado o ateliê em que são feitas as bolsas e itens mais preciosos da grife, sob medida. O responsável pelo departamento de pedidos especiais (conhecido como “Special Orders”) é Patrick Vuitton, da quarta geração da família, que cresceu entre aquelas roseiras.
Esse departamento de aceita pedidos de qualquer lugar do mundo, oferecendo aos clientes  a  realizarem seus desejos mais extravagantes, por preços também pra lá de estratosféricos. De lá saem produtos feitos sob medida, que não integram as coleções da marca.
LV <3<3
Ateliês:
A marca controla de perto os 14 ateliês e todas as lojas da marca no mundo. Não existem franquias e nem revendedores. O grau de perfeição exigido é alto e os detalhes são fundamentais no mercado do luxo, assim como o DNA da marca, que se define como o bom e velho artesanato francês. 
Matéria-Prima:
A marca também investe no desenvolvimento da sua matéria-prima e fabricação. Busca couros e lonas mais macias e mais leves. 
Cada tipo de produto utiliza diferentes tipos de couros, como por exemplo, o couro taiga, mais discreto, e por isso utilizado na linha de produtos masculinos. Outro fator importante em relação ao produto é o uso frequente da padronagem do monograma da empresa e os símbolos de flores em produtos.
Além da preocupação com o material, a marca também dá importância ao processo de fabricação do produto: Desde os primórdios da empresa até hoje, esse processo é feito artesanalmente.
Prestígio: 
O prestígio é reforçado em várias frentes: a LV nunca faz liquidações, vende muito pouco online (apenas para oito países e somente parte dos produtos) e realiza frequentes parcerias com artistas contemporâneos, como Richard Prince e Takashi Murakami. 
Primeira Loja LV:
A primeira loja aberta pela Louis Vuitton foi no ano de 1854 na cidade de Paris, França. Atualmente, são 432 lojas, e a presença da marca alcança 63 países.

Nenhum comentário:

Postar um comentário